Pelo Comité Editorial Blog Ividador

infertilidade ividador

E não poder ser dador é sinónimo de ser infértil?

O facto de não poderes ser dador de sémen não significa que és infértil. Há muitos outros fatores a influenciarem esse resultado. Nós dizemos-te quais!

A doação de sémen abriu o debate sobre como detetar se um homem é ou não infértil. Para fazer esse diagnóstico clínico, o dador deve passar por avaliações diferentes, no entanto, uma situação não está diretamente ligada à outra, uma vez que o perfil do dador é determinado por diferentes condições de infertilidade. Antes de partir para conclusões, é importante entender os processos.

Para determinar que um homem é infértil, devem ser feitas avaliações diferentes, mas existem muitos mitos e verdades sobre esse tópico. Geralmente, a infertilidade é diagnosticada em homens que procuram procriar de forma tradicional com as suas parceiras e não são capazes.

infertilidade e doacao de semen

Ser diagnosticado como infértil não fecha a porta da doação

O processo de seleção de dadores é muito rigoroso e inclui muitos critérios, como histórico familiar específico, análises e características do sémen. É possível que esses critérios não tenham relação com a capacidade do indivíduo de procriar de maneira natural e se devam a recomendações de associações científicas para seleção de dadores.

Ser infértil pode ter solução.

Depois de decidir fazer uma doação ao banco de sémen, é nessa fase que se começa a estudar o perfil do dador. Saber como é o seu estilo de vida, a sua dieta, o seu perfil cardíaco e outros requisitos de rotina, incluindo um estudo para determinar a qualidade da doação. Dado o diagnóstico de um problema de fertilidade, pode ser planeado um tratamento para resolver essa realidade.

O perfil infértil em alguns casos pode ser reversível.

Casos como a obesidade, abuso de substâncias e outros impactos negativos no corpo podem ser erradicados com disciplina, dieta e uma mudança do estilo de vida. Uma vez que seja levada uma dinâmica mais saudável, é muito provável que se antes era diagnosticado como infértil, agora não o seja, se esses aspetos realmente mudarem.

É importante lembrar que não poder ser dador não está relacionado diretamente com ser infértil. Estudos anteriores podem produzir resultados que determinam que a pessoa não deve ser dadora, num universo de possibilidades, dos quais alguns sugerem que ela não é dadora, ou seja, pode ser fértil, mas algumas características de saúde podem ser comprometidas caso decida ser dador.

 

Tambien te puede interesar

atividade física desportiva

Cada vez mais o exercício físico em casa faz parte do dia a dia dos portugueses. A atividade física desportiva é um termo abrangente que se baseia na prática consciente de atividade física para alcançar um objetivo específico, como melhorar a saúde ou ganhar músculo. Neste artigo partilhamos os tipos de exercícios que podes fazer […]

17 Novembro, 2021
falta de desejo sexual do homem

O cansaço e o stress são as principais causas da falta de desejo sexual do homem. A libido masculina varia muito de homem para homem e pode diminuir, de forma temporária, devido a fatores como a ansiedade ou a fadiga. Também é normal, e natural, que o desejo sexual do homem decresça gradualmente com o […]

3 Novembro, 2021
dador de esperma

A relação entre a qualidade do esperma e a idade do homem há muito que tem sido investigada. Esta relação tem especial importância quando se considera a tendência na sociedade para o adiamento da parentalidade. De facto, os dados sugerem que existe um risco de redução da qualidade do sémen e na fertilidade associado ao […]

2 Novembro, 2021