Tens dúvidas?

Quantas vezes se pode doar?

  • A doação é um ciclo único. Requer que o dador se comprometa a entregar uma amostra de sémen periodicamente durante um período aproximado de 15 a 20 semanas.

É preciso ir doar todas as semanas?

  • Inicialmente durante o processo de tratamento é recomendável. No entanto, será sempre possível adaptar as necessidades pessoais de cada um.

Como é o processo inicial?

  1. Consulta informativa: Consulta com o médico: informamos sobre o processo de doação de sémen, além disso colocamos algumas questões sobre a tua história clínica (familiar e pessoal) e se estás de acordo com os requisitos, realizamos umas provas de qualidade do esperma.
  2. Estudo preliminar: nestas análises comprova-se que o sémen cumpre os requisitos para a doação, quer dizer, realiza-se um estudo da qualidade seminal.
  3. Realizar análise de esperma: passados uns dias volta-se a realizar a mesma análise para confirmar que a qualidade do sémen se mantém. Neste momento congela-se a amostra para avaliar a sobrevivência dos espermatozoides após a descongelação.
  4. Teste psicológico: na segunda vinda à Clínica, o dador terá uma consulta com a psicológa do centro e é realizada uma colheita de sangue e urina para completar as análises de serologias e genéticas estabelecidas por Lei.

Quanto pagam por doar sémen?

  • A compensação económica por doar sémen ronda os 630€. O processo geralmente dura entre 15 a 20 semanas, o que dá aproximadamente a quantia de 42€ por semana.

É necessário masturbar-se no centro?

  • As clínicas IVI estão equipadas com salas de estimulação preparadas e cómodas para o efeito.

Posso ter reações sexuais no dia anterior à doação?

  • Não é recomendável. É preciso que a qualidade do sémen seja a melhor e por isso pedimos que nos 3 dias anteriores à doação não tenhas relações sexuais.

E se deixo um tratamento a meio por algum assunto urgente?

  • Cada caso é um caso. Para este assunto em concreto o melhor será consultar a equipa da clínica IVI para teres a resposta mais adequada.

E não poder ser dador é sinónimo de ser infértil?

  • É uma dúvida muito comum. Ser infértil não tem nada a ver com não poder ser dador. Se não puderes ser dador é porque algum dos requerimentos definidos pelo IVI não se cumpre. O esperma muitas vezes é de alta qualidade, mas não o suficiente para o que é requerido num processo de fertilidade.

Que idade tenho que ter para poder doar?

  • A idade requerida para poder ser dador é entre os 18 e os 44 anos.

Quais os requisitos necessários para doar?

  • Além de não ter doenças que possam afetar o processo, os dadores de sémen devem ter mais de 18 anos, bom estado de saúde física e psicológica e ausência de doenças genéticas. Além disso, o esperma deve ter características suficientes para sobreviver à congelação com garantias. Para isso, a clínica realizará todos os controles necessários antes de aceitar os dadores para o programa de doação.