Pelo Comité Editorial Blog Ividador

emagrecer

Sim! Podes perder peso a comer doces!

Emagrecer enquanto se come tudo o que quer. É possível? Sim, nós explicamos como pode esta contradição acontecer.

Não é este o sonho de qualquer pessoa? Comer doces e perder peso! Comer chocolates, gelados, doces, açúcar, doces…e estar totalmente em forma, saudável e com um corpo que, além de não ganhar peso, não faz nada além de perder quilos. Achas que é impossível? Não é, e neste artigo dizemos-te porquê.

A nutrição é um campo de estudo que está constantemente avanço e desenvolvimento. Antes, nada era estudado e agora todos os dias há uma nova descoberta. Sem dúvida, uma das mais interessantes é aquela popularizada por Karen Wheeler. Mas a norte-americana não está sozinha: muitos nutricionistas validaram a sua teoria e mostraram, empiricamente, como é que uma dieta rica em doces pode ser a chave para perder peso e estar em forma.

Perder peso a comer doces?

Naturalmente, optar por uma dieta doce não significa “comer o que queremos”. Uma dieta é uma dieta e, se não fosse assim, não faria sentido. Assim, é perfeitamente possível escolher comer comidas doces se, em troca, fizermos uma série de esforços noutra direção. Por exemplo, comer menos quantidade ou reduzir e suprimir a ingestão de gorduras.

emagrecer

Emagrecer não é sempre sinónimo de saúde!

Naturalmente, nada substitui em termos de nutrição e bem-estar, uma dieta rica e equilibrada que contenha elementos de todos os grupos alimentares. No entanto, é possível perder peso comendo doces. Outro exemplo, além do livro de Karen Wheeler, é o cientista e nutricionista Mark Haub, da Kansas State University, que mostrou em primeira mão como poderia perder peso comendo exclusivamente chocolates e junk food que podem ser encontrada em qualquer quiosque ou bomba de gasolina.

Em que consiste a teoria de Mark Haub?

  • Similar à de Karen Wheeler
  • O importante não é o valor nutricional do que comemos quando queremos emagrecer, mas sim, pelo contrário, a ingestão total de calorias
  • Esse famoso nutricionista manteve a ingestão de calorias abaixo de 1.800 por três meses, enquanto comia apenas doces e gorduras (mas sempre abaixo desse valor)
  • No final de sua experiência, ele tinha perdido 12kg, embora um exame de sangue provavelmente não iria afirmar que estava saudável

A solução pode passar por uma opção intermédia, como optar por uma dieta saudável em que não ponha de parte a possibilidade de consumir chocolate, açúcar, doces ou gelados, mas em que o número total de calorias ingeridas seja controlado. Então, se comermos um bife grelhado e uma sopa de legumes com um pouco de pão, podemos comer também alguns quadrados de chocolate, ao lanche, que a ingestão total será de apenas 1.500 calorias. Se a salada não é coisa para si… Aqui está uma alternativa!

Tambien te puede interesar

atividade física desportiva

Cada vez mais o exercício físico em casa faz parte do dia a dia dos portugueses. A atividade física desportiva é um termo abrangente que se baseia na prática consciente de atividade física para alcançar um objetivo específico, como melhorar a saúde ou ganhar músculo. Neste artigo partilhamos os tipos de exercícios que podes fazer […]

17 Novembro, 2021
falta de desejo sexual do homem

O cansaço e o stress são as principais causas da falta de desejo sexual do homem. A libido masculina varia muito de homem para homem e pode diminuir, de forma temporária, devido a fatores como a ansiedade ou a fadiga. Também é normal, e natural, que o desejo sexual do homem decresça gradualmente com o […]

3 Novembro, 2021
dador de esperma

A relação entre a qualidade do esperma e a idade do homem há muito que tem sido investigada. Esta relação tem especial importância quando se considera a tendência na sociedade para o adiamento da parentalidade. De facto, os dados sugerem que existe um risco de redução da qualidade do sémen e na fertilidade associado ao […]

2 Novembro, 2021